Casamento civil no Reino Unido

casamento islington town hall

Recentemente me casei, aqui em Londres, e hoje vim contar como funciona o processo para casar no civil. Vou escrever um passo-a-passo e também falar sobre a minha experiência. O processo e os documentos para o casamento são os mesmos em toda a Inglaterra e País de Gales e também valem para ‘civil partnerships’ (como é chamado o casamento entre pessoas do mesmo sexo no UK). Se você pretende se casar na Escócia ou Irlanda do Norte, algumas regras são diferentes, consulte o site do governo britânico aqui.

Tudo o que vou falar aqui serve para casamento entre dois estrangeiros ou entre um estrangeiro e um britânico/cidadão da União Européia.

A primeira coisa que você precisa para casar por aqui é um visto válido, a segunda é ter morado aqui por ao menos 7 dias. Se você cumpre estes requisitos iniciais poderá seguir com o passo-a-passo abaixo:

1. Encontre e reserve uma data e um local para a sua cerimônia

Dependendo do seu estilo, orçamento e número de convidados, esta talvez seja a parte mais demorada do planejamento da cerimônia. Neste item vou falar especificamente de Londres porque não sei como funciona a divisão em outras cidades, se há algo como o ‘council’ e os ‘boroughs’ ou não. Se você tiver dúvidas procure a prefeitura de sua cidade ou a instituição para quem você paga seu ‘council tax’.

Existe uma infinidade de lugares em Londres onde você pode realizar uma cerimônia civil. Você pode optar entre casar na prefeitura de um ‘borough’ ou em um local privado. Os sites que mais me ajudaram na pesquisa foram: Hitched, Rock My Wedding, London Bride e Whimsical Wonderland Weddings. Você deve fazer isso entre um ano a 3 meses antes, para que você tenha tempo para o próximo passo.

Se você escolher um local privado, deverá entrar no site do ‘council’ do ‘borough’ onde você pretende se casar e ver quais locais são licenciados para a realização de uma cerimônia. Em sites como o Hitched, citado acima, você encontra uma ferramenta de busca que já lista na descrição do local se ele é licenciado ou não. Além de pagar pelo local, você terá que pagar para que o oficiante compareça ao lugar e realize a cerimônia.

Caso você opte pela prefeitura, não precisa ser a do ‘borough’ onde você mora. No site de cada council você encontrará detalhes sobre as salas disponíveis nas prefeituras e fotos do local. Não se assuste! Casar na prefeitura aqui não tem nada a ver com casar no cartório no Brasil. Há uma cerimônia bem bonita, em uma sala fechada, você tem direito à um bom número de convidados e, dependendo do local, você pode escolher sua própria música, fazer entrada, votos personalizados, quase tudo que você poderia fazer em um local particular. A única limitação é que, em geral, você não pode decorar a sala.

No meu caso, eu queria um mini casamento, apenas 20 convidados. Isso acabou limitando minhas escolhas, é muito difícil encontrar um local privado pequeno e eu não queria desembolsar uma fortuna em um espaço enorme do qual eu não iria utilizar nem um terço. O mais tradicional para casamentos pequenos por aqui é casar na prefeitura e essa foi a minha escolha. Após pesquisar muito, descobri que a prefeitura de Islington é uma das mais bonitas da cidade. Após ver as fotos de vários casamentos realizados lá, me apaixonei pelo local e decidi que minha cerimônia seria nele. Recomendo muito! A cerimônia foi simples mas foi linda e, pra mim, foi perfeita!

Na prefeitura de Islington você encontra quatro opções de salas com diferentes tamanhos e valores:

The Council Chamber at Islington Town Hall

Council Chamber – 160 convidados – £480 a £680

Mayor's Parlour at Islington Town Hall

Mayor’s Parlour – 12 convidados – £380 a £580

Richmond Room at Islington Town Hall

Richmond Room – 60 convidados – £480

Room 99 at Islington Town Hall

Room 99 – 28 convidados – £54 a £280

Os valores incluem o aluguel da sala, a realização da cerimônia e uma cópia da certidão de casamento. Se você gostaria de economizar na cerimônia, minha dica é marcar a data durante a semana, os preços sempre são menores que em finais de semana.

Eu optei pela menor sala, que também é a mais simples e não é a mais bonita de todas as opções. Isso foi facilmente compensado pelo resto da prefeitura que é maravilhoso e rende ótimas fotos:

entrada islington town hallcorredor islington town hall

Se você ficou interessado na prefeitura de Islington, eles tem um site dedicado à casamentos onde você encontra todas as informações e pode fazer a reserva: http://sayidoislington.com/

2. Dê o ‘notice’ (aviso) de que você pretende se casar

Após escolher a data e o local, você está pronto para dar o aviso formal que você pretende se casar. Ele deve ser realizado de 3 meses a um ano antes da cerimônia. Você deverá fazer o seguinte:

  1. Encontre o ‘designated register office’ (cartório competente) mais próximo à você (não precisa ser no ‘bourough’ onde você vai realizar a sua cerimônia, pode ser qualquer um da lista). Clique aqui para ver a lista de possíveis cartórios.
  2. Consulte o site do council onde fica o cartório escolhido e veja como proceder para reservar uma data. No meu caso, o council de Islington, onde realizei a cerimônia, também tem um ‘designated register office’, que fica na prefeitura. Resolvi aproveitar para dar o notice e dar uma espiadinha no local ao mesmo tempo. O council de Islington tem um sistema de reservas online para ‘notice’, clique aqui.
  3. O casal deve comparecer na data marcada com os seguintes documentos:

detalhes do local e data da cerimônia

passaporte

comprovante de residência (são aceitos um destes documentos: ‘utility bill’ com data dos últimos 3 meses, ‘bank statement’ do último mês, ‘Council Tax bill’ do ano corrente, ‘Mortgage Statement’ do ano corrente, ‘Driving License’ dentro da validade)

uma foto no formato de passaporte

visto ou residence permit

Seus documentos e o aviso de sua intenção de se casar serão encaminhados ao Home Office, que pode decidir investigar se seu casamento é verdadeiro ou um golpe para poder morar no Reino Unido. Este processo pode levar até 71 dias para ser completado e custa £47/pessoa que, normalmente, são pagos no momento do ‘notice’.

3. Chegada da carta do Home Office

Em até 28 dias após o ‘notice’ você deverá receber uma carta do Home Office dizendo se eles vão prosseguir com uma investigação da sua intenção de casamento ou não. Em caso positivo, o seu período de ‘notice’ será estendido para 71 dias, no total, e você terá que realizar uma das seguintes, a ser decidida pelo investigador do seu caso:

enviar informações e provas de que o relacionamento é verdadeiro

entrevista presencial na sua casa

entrevista presencial em um escritório do Home Office

entrevista por telefone ou vídeo

No meu caso, o Home Office não quis investigar e precisamos apenas esperar 28 dias e estávamos liberados para casar. Não tenha medo deste processo! Se você se estabeleceu no Reino Unido de maneira legal e tem um relacionamento genuíno, existem pouquíssimas chances de uma investigação. Caso você dê azar e ela aconteça mesmo assim, você não terá problemas em provar seu relacionamento, não há o que temer.

4. Preenchimento da ‘Option Sheet’

Este passo eu não sei se é igual para todos os ‘council’ e sei que não é o mesmo em todas as salas da prefeitura de Islington.

Eu recebi por email um documento chamado ‘option sheet’ para preencher com minhas opções para o casamento e devolver até um mês antes, e também um link para quatro opções de cerimônia diferentes.

Na ‘option sheet’ tive que incluir o nome de duas testemunhas, que assinariam a certidão de casamento (as duas pessoas devem conseguir compreender bem a língua inglesa), nome do ‘best man’ e ‘maid of honor’, nome e profissão do pai de cada cônjuge (consta na certidão de casamento), nome da pessoa que entregaria as alianças, música para a entrada dos convidados, entrada da noiva, assinatura da certidão e saída do casal, leituras a serem feitas durante a cerimônia e quem iria realizá-las, a nossa opção entre as 4 cerimônias, nome do/a fotógrafo/a ou cinegrafista e como queríamos ser anunciados ao final da cerimônia.

Você não é obrigado a escolher padrinhos e madrinhas, músicas, leituras ou alguém para entregar as alianças. Se você quiser música, um de seus convidados terá que ficar responsável por controlar a música. Eu preferi simplificar a minha cerimônia e não fiz quase nada disso, apenas pedi à minha sobrinha que entregasse as alianças.

Mesmo que você não receba um documento como esse, com certeza você terá que escolher os detalhes da cerimônia em algum momento. Em alguns locais você poderá inclusive incluir seus próprios votos. Não se esqueça que durante uma cerimônia civil não é permitido nenhum conteúdo de cunho religioso, seja nas leituras, nos votos ou músicas.

5. O grande dia!

Depois de tudo, finalmente irá chegar o seu momento especial! No meu caso tivemos que comparecer à prefeitura meia hora antes da cerimônia e, como escolhi a sala mais econômica, tivemos que nos ver antes da cerimônia pois tivemos que entrar na sala juntos antes dos convidados para que a oficiante pudesse confirmar os nossos dados. Se você não quer que isso aconteça, consulte anteriormente os procedimentos do local que você reservou.

Uma idéia para solucionar este ‘problema’, é fazer como eu e marcar um tempo com sua fotógrafa para fazer um ensaio ‘first look’ (quando a fotógrafa capta a emoção de o casal ao se ver pela primeira vez antes da cerimônia). Se você for se casar na prefeitura de Islington, existem alguns pequenos parques próximos para você escolher. Eu dei uma volta pelo bairro um dia antes e optei pelo que estava mais verdinho na época. Londres tem muitas áreas verdes, tenho certeza que você consegue encontrar uma próximo à sua cerimônia. Se você não curte parques ou for casar no outono/inverno, pode fazer um ensaio bem urbano pelas ruas da cidade.

Minha dica aqui é, tente não ficar nervoso/a e aproveite ao máximo este dia. Tudo bem se os noivos se atrapalharem no inglês na hora dos votos e sair tudo meio atropelado (sei bem como é, haha), naquele momento só o que importa é o amor de vocês! Por mais que algumas pequenas coisas saiam errado ou não sejam exatamente tudo aquilo que você sonhou, este é um momento único e muito especial. Deixe todas as preocupações e qualquer stress do planejamento de lado e curta muito! É lindo e, infelizmente, passa muito rápido.

Espero que tenham gostado do post e que ajude e facilite um pouco o planejamento da sua cerimônia. Nos meus próximos posts vou falar sobre como organizar sua festa de casamento, onde comprar seu vestido de noiva e como validar o seu casamento no Brasil. Continue nos acompanhando e não esqueça de compartilhar todos os detalhes do seu casamento com a gente através da #alemdobigben!

  por  

Deixe um comentário

avatar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Subscribe  
Notify of