Quanto custa morar em Londres?

vetor londres

O assunto deste post é um dos mais perguntados por quem vem morar na terra da rainha: o custo de vida em Londres.

A cidade é muito famosa por ser cara, principalmente porque as pessoas tem o costume de converter os valores e comparar com os valores em Reais. Minha primeira dica para quem quer se mudar é: não faça isso! Para saber o que é caro e o que é barato, pense no seu salário na Inglaterra e no que dá para fazer com ele. Se quiser comparar com o Brasil, use porcentagem. Por exemplo, se no Brasil para pagar suas contas você utiliza 50% do seu salário, veja qual porcentagem do seu salário britânico será utilizada para pagar as mesmas contas.

Não estou dizendo que a cidade seja barata. Algumas coisas, como transporte, são realmente caras mas, para a maioria das coisas, vai depender do seu estilo de vida e poder aquisitivo. Aqui vou falar de valores médios baseados na minha experiência morando aqui há 8 meses e na minha situação, um casal morando em apartamento de 1 quarto na Zona 2.

Antes de passar para os valores, vou explicar sobre como funcionam as contas básicas como luz, eletricidade, etc. As contas da casa costumam ter um valor fixo, no primeiro ano ele é baseado no consumo médio de casas do mesmo tamanho e com mesmo número de moradores e depois passa a ser baseado no seu consumo anual. Em geral, as companhias oferecem também diversas formas de pagamento, mensal, trimestral, semestral ou anual.  No caso de valores fixos, muitas empresas costumam devolver/cobrar a diferença do que realmente foi consumido no final do ano.

A água de toda a cidade de Londres é fornecida pela Thames Water. Para eletricidade e aquecimento existem diversas opções de empresas. Se você tem dúvidas e quer pesquisar, sugiro utilizar o site uSwitch, esta ferramenta mostra os preços e planos da maior parte das empresas de aquecimento, eletricidade, banda larga, telefonia celular e TV por assinatura. Na minha casa optamos por utilizar as empresas que já eram utilizadas pelos moradores anteriores. Conversando com amigos vimos que os preços eram parecidos e achamos mais prático manter assim.

Vamos aos valores:

Aluguel

O aluguel de um apartamento de um quarto nas Zonas 2 e 3 pode variar muito, de £1000 a mais de £2000, dependendo do bairro e estilo do imóvel. Pelas minhas pesquisas sei que é possível encontrar apartamentos mobiliados, em prédios novos, próximos à estações de transporte na faixa de £1100 a £1300. Meu apartamento fica no bairro de Lewisham (Zona 2), quase em frente à estação de trem e DLR e pagamos £1200 por mês.

Se você tem dúvidas sobre Aluguel em Londres, temos dois posts sobre isso aqui no blog. Confira:
Dicas para o seu primeiro aluguel em Londres: o que fazer enquanto você ainda está no Brasil
Dicas para o seu primeiro aluguel em Londres: visitas e fechamento do contrato

Council Tax

O Council Tax é o IPTU daqui. Ele é cobrado um valor diferente por Council (espécie de sub-prefeitura responsável pelo borough onde você mora) e por banda. As bandas variam de A a H, sendo A a mais barata e H a mais cara, e levam em consideração diversos aspectos da propriedade em questão. Um apartamento de um quarto em prédios novos costuma estar nas bandas B ou C. Meu apartamento está na banda B do council de Lewisham e o valor é de £112/mês.

Se você deseja saber em qual banda se encaixa um propriedade tenha o CEP dela em mãos e acesse este site (em inglês). Os valores para cada Council você pode encontrar aqui (em inglês).

Água

A nossa conta de água é baseada em um valor fixo. A estimativa da Thames Water para a nossa casa foi de £168/ano e nós optamos pelo pagamento mensal de £14.

Eletricidade

Nossa empresa de eletricidade é a e.on. A nossa conta com eles funciona de uma forma um pouco diferente. Eles emitem nossa conta apenas uma vez a cada três meses, baseada no consumo. Porém o nosso pagamento é fixo mensal. Pagamos £20 libras por mês e a cada 3 meses podemos ver a conta e pagar qualquer diferença. Por enquanto recebemos 2 contas e tivemos um débito de £2.86 para cobrir. Para vocês terem uma idéia do quanto é isso, nós utilizamos máquina de lavar roupas quase todos os dias, máquina de lavar louças a cada 2/3 dias, televisão, aspirador de pó e eu trabalho em casa, então o notebook e, muitas vezes (principalmente no inverno), algumas luzes da casa passam o dia ligados.

Aquecimento

O aquecimento da nossa casa, tanto da água quanto dos aquecedores, não é feito por gás. Nosso apartamento utiliza um cilindro elétrico. A empresa que fornece a eletricidade para o cilindro também é a e.on porém pagamos duas contas separadas.  A conta de aquecimento é mensal, baseada no consumo. De Janeiro até Abril consumimos em torno de £45/mês e de Maio até Setembro em torno de £30. Acredito que pegamos pouco tempo de inverno e também passávamos muito tempo fora de casa no começo. Por pesquisas e conversas com amigos sei que a média da maioria das pessoas no inverno é em torno de £60.

Internet

Existe uma infinidade de empresas de internet em Londres, nós escolhemos a Hyperoptic porque era a única que tinha fibra ótica na nossa região. Nós pagamos £28/mês no pacote ilimitado com velocidade de 100Mb.

Celular

Este é um gasto fixo que nem todos consideram essencial porém, eu e meu marido não conseguimos viver sem. Pesquisando e conversando com amigos nós optamos pela operadora Three, é a que tem os planos mais baratos. Pagamos £18 por 30Gb de internet, SMS ilimitado, 2000 minutos de ligações para a mesma operadora e 600 minutos para outras operadoras e a possibilidade de usar a internet do celular em quase toda a Europa e diversos outros países, até mesmo no Brasil, sem pagar nada a mais.

TV License

No Reino Unido para assistir à TV aberta você deve pagar um imposto anual chamado TV License. Existem 3 formas de pagar por ele: anualmente (£147), mensalmente (a primeira licença em 4 a 6 parcelas de aproximadamente £24.50 e a partir de então sempre em 12 parcelas £12.25) ou trimestralmente (£37/trimestre).

Transporte

Este é um dos gastos básicos mais caros em Londres. O transporte aqui custa mais do que a média na Europa. O passe mensal para zonas 1-2 é £128.60. Quanto mais afastado do centro é o seu bairro mais caro será o transporte. Para consultar o preço do transporte em todas as zonas consulte o site da Transport for London (em inglês).

Academia

Existem diversos tipos de academia por aqui. As mais básicas, que incluem apenas uso de aparelhos e custam em média £20. Os leisure centres que são academias bem grandes com diversos tipos de aula de ginástica, musculação, natação, jacuzzi, sauna, etc custam por volta de £80.

Supermercado

Os custos com supermercado são, na minha experiência, os mais baratos em comparação ao Brasil. Aqui comemos bem melhor por um gasto bem menor do que o que tínhamos anteriormente. Quando se fala de compras da casa, o gasto varia muito para cada pessoa, depende dos seus gostos e estilo de vida.

Aqui em casa fazemos uma compra mensal maior online. Compro diversos tipos de proteína, frios, sucos e qualquer outro produto de mercearia ou congelado que precise, e gasto em torno de £80. Todas as coisas frescas, saladas, legumes, etc, costumo comprar conforme a necessidade no dia. Por isso sempre acabamos fazendo várias compras menores ao longo do mês e também na Poundland, compro todos meus produtos de limpeza lá. No total gastamos em média £200/mês.

Eu costumo montar o cardápio do mês para quase todas as nossas refeições, planejo todas as jantas, com exceção de sexta e sábado. Assim conseguimos comprar só aquilo que realmente precisamos e evitamos o desperdício. Também não temos o costume de comprar muitas besteiras e lanchinhos extras, é fácil se emocionar com a variedade e acabar gastando e engordando demais.

Os supermercados que mais utilizo são Asda, Iceland e Tesco. Iceland é barato, muito bom para congelados e faz entrega grátis para compras online. Asda é o supermercado que utilizo no dia-a-dia e também tem ótimos preços. Se você quer saber mais sobre os supermercados de Londres, dê uma olhada nesse post: Supermercados em Londres: nossas rotinas e dicas de produtos

Lazer

Muitas atividades de lazer em Londres são gratuitas. Sempre há feirinhas, mercados e festivais abertos. Além da maioria dos museus da cidade também não cobrarem entrada. Dá para passar meses inteiros sem gastar quase nada nesta categoria, aproveitando apenas os parques da cidade e as atrações gratuitas. Se você pesquisar sempre irá encontrar uma opção.

As atrações turísticas pagas como London Eye, Madame Tussauds, Tower of London, Buckingham Palace, custam em média £20.  A entrada em um show depende muito do artista, já vi ingressos para vender por £30 como também por £100. Ingressos de musicais dependem muito do horário e da época, é possível encontrar a partir de £15.  É possível encontrar peças de teatro a partir de £5, espetáculos de dança a partir de £3 e muito mais.

Aqui no blog postamos todas as segundas o post O que fazer em Londres com a agenda da semana. Muitas das atividades que indicamos são gratuitas. Confira a agenda dessa semana aqui e assine o blog na barra lateral para ficar sempre por dentro.

Pubs e restaurantes

Esta é outra categoria que varia muito de acordo com a pessoa e seu estilo. Comer e beber fora, de maneira geral, não é barato. Claro que em uma cidade com tanta coisa como Londres é possível encontrar muitas opções. Para comer comida de rua é possível gastar menos de £10. Em um restaurante mediano, o preço com serviço, varia de £12 a  £25. Em restaurantes finos espere gastar a partir de £30, podendo chegar a bem mais. Preços por pessoa, com bebida não alcoólica. A maioria dos restaurantes aqui tem o cardápio na porta e no site, você sempre pode dar uma conferida antes de escolher.

Para pesquisar opções de onde comer bem e barato, sugiro o site London Cheap Eats, eles indicam apenas pratos de até £8. Confira aqui.

Se você tem vontade de comer em algum restaurante fino mas não quer pagar o preço de um jantar, sugiro que pesquise se ele oferece menu de almoço. Muitos dos melhores restaurantes da cidade tem esta opção, que costuma sair bem mais em conta.

Já nos pubs, o preço de um pint costuma ser por volta de £4 e £4.50. Já cheguei a pagar £7, porém também já cheguei a pagar £2. As refeições costumam ter preços parecidos com os de restaurante. Pubs pequenos e de bairro costumam ter preços mais amigáveis. Procure pela rede Wetherspoon, eles não servem a melhor comida porém, tem uma grande variedade de bebidas e muitas promoções.

 

É isso, galera! Acho que deu para vocês terem uma boa idéa do custo de vida em Londres. Espero que tenham gostado do post! Qualquer dúvida só escrever pra gente através dos comentários.

  por  

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
  Subscribe  
Notify of

@alemdobigben no instagram