Como procurar vagas de trabalho em Londres

Neste post vou tentar ajudar você, que tem interesse em uma vaga de trabalho em Londres com algumas dicas importantes.

Antes de iniciar qualquer busca por qualquer vaga na terra da Rainha, você precisa de alguns itens essenciais:

– Passaporte europeu ou britânico;

– Ou visto que permita que você trabalhe aqui (podendo ser visto de trabalho, de estudante, de familiar de europeu ou britânico, etc)

– Conta bancária para depósito do pagamento (podendo ser no seu nome ou cônjuge)

– E por último, mas não menos importante, um National Insurance Number, ou NINo (Número de seguro social da Inglaterra).

No nosso blog temos informações completas sobre cada um desses itens;  Para vistos temos uma categoria específica, para saber como abrir uma conta bancária clique aqui e para saber como adquirir um National Insurance Number clique aqui.

Burocracias à parte,  agora sim podemos ir ao que interessa.

Na maioria dos sites de buscas por vagas de emprego, você pode criar um perfil e anexar o seu Curriculum Vitae (comumente chamado de CV ou também chamado de resume), quando você cria um perfil é muito mais fácil e te economizará tempo, pois toda vez que clicar em aplicar para uma potencial vaga neste mesmo site, seu CV irá se anexar automaticamente.

Uma dica importante sobre os CV’s daqui é que eles não contém muitas informações pessoais como data de nascimento ou endereço completo, apenas seu nome, e-mail e telefone de contato. Ele também tem que conter um bom “Personal  Statement” (que é a descrição do seu perfil e um breve resumo do que busca e de suas qualidades), precisa falar sobre suas skills (que significa habilidades). Nas informações sobre trabalhos anteriores, você deve colocar a função que desempenhava e descrever quais as responsabilidades que você tinha. Um ponto importante que é bastante utilizado dentro das informações sobre trabalhos anteriores são os “achievements”, que são as realizações que você conquistou em cada um de seus trabalhos anteriores, como por exemplo, reduções de custos, aumento de produtividade, etc. Em “Work Experience” (experiência de trabalho) coloque o nome da empresa, tempo de trabalho e função que desempenhava, nada de telefone. Se a empresa quiser checar seus antecedentes trabalhistas vai lhe pedir tais informações, seja por e-mail ou telefone.

Montar seu CV será um ótimo exercício de inglês, mas todas estas descrições têm um motivo. Aqui em Londres eles valorizam muito a sua experiência, um bancário com anos de experiência pode ser mais valioso que um recém-formado em economia. Claro que formações são importantes e contam na hora de aplicar para uma vaga de emprego, mas o que você alcançou e desempenhou com o seu trabalho é mais importante. Então não economize palavras na hora de descrever suas skills, responsabilidades que desempenhava e achievements.

Tudo vai depender da vaga que está procurando, mas estas seriam as principais informações que precisam conter no seu CV. Existem sites específicos que te ajudam a montar e até fazem um curriculum para você, uma simples busca no Google vai te apresentar variados sites que podem te ajudar, basta escolher o que te adapta melhor.

Com o seu CV montado,  por qual site começar a busca por um emprego?  Em Londres são vários, eu tenho os meus favoritos como: Total Jobs, Indeed e CV library que também são os mais conhecidos. Mas existem vários outros, com diferentes propostas, como por exemplo para vagas mais específicas como Rise technical recruitment, para trabalhos técnicos e em engenharia ou Hospitality Jobs UK, para trabalhos na área de hospitalidade e turismo, vai depender de que vaga você está procurando e quão especifico você quer ser.

A maioria dos sites funcionam de forma parecida. Você pode fazer a busca por vaga, localidade ou os dois juntos.  Se optar por localidade, pode determinar também o quão longe quer daquela região selecionando o filtro de “miles” (milhas de distância em português).

Iniciando sua pesquisa você vai ver que algumas vagas anunciam valores de salário (salary) por hora ou valores anuais. Quando a empresa anunciar o valor anual, em geral, é o valor bruto, antes dos impostos, e você irá receber um salário fixo mensal. Existe um site que faz a conversão para hora e mês, assim fica mais fácil de saber o quanto você vai ganhar. Clique aqui para acessar o site. A maioria das empresas que pagam valor fixo não pagam hora extra. Quando você ganha por hora, o valor final pode variar, dependendo se você trabalhou mais ou menos horas por semana.

Outra informação muito relevante é o regime de trabalho. Existem algumas modalidades de contrato, que são:

Permanent: É o trabalho onde você assina um contrato direto com uma empresa, o que normalmente traz mais vantagens em relação ao salário e a benefícios.

Contractor: É o famoso trabalho terceirizado, quando você é contratado por uma agência que tem contrato com uma empresa, a qual você vai prestar os serviços. Maioria das empresas em Londres utiliza essa modalidade.

Temporary: É a modalidade onde você tem um contrato de trabalho com data exata para terminar. Podendo ser um contrato direto com uma empresa ou ainda com uma agência, este tipo de contrato pode ser renovado a pedido do empregador.

Zero hours contract: Esta modalidade dificilmente vai estar na descrição do trabalho, costuma estar como part-time. O nome já diz tudo, contrato de zero horas, você pode trabalhar de 0 á 24h por dia. Podem ser 3h até o quanto você aceitar, por semana. Não tem um limite. Este trabalho costuma ser por escala e os termos são definidos pelo empregador. Normalmente você envia os dias e horas que pode trabalhar e o empregador encaixa potenciais trabalhos nestes dias. Muitas vezes varia até mesmo o local de trabalho. Algumas vezes você pode mandar a sua disponibilidade de dias e não receber nenhum trabalho. Nenhuma das partes tem uma quantidade obrigatória de horas de trabalho.

Dentro das modalidades de contrato, tem a quantidade de horas trabalhadas podendo ser:

Part Time: É um trabalho com menos de 35h por semana, onde se trabalha de 4h a 8h por dia em média. Este tipo de trabalho usualmente é pago por quantidade de horas trabalhadas, podendo ou não trabalhar por escala, sendo assim facilmente você pode passar de 35h por semana, mesmo sendo um trabalhador contratado como part-time.

Full-Time: Quando se trabalha mais de 35h por semana, o que dá em média de 10h a 12 horas por dia. Usualmente tem horas fixas mas pode ser por escala também.

Analisou as informações, leu a descrição do trabalho e gostou, então é hora de aplicar! Duas coisas podem acontecer: o site pedir para anexar seu CV e, se já tiver criado um perfil isso será automático (cuidado com isso, as vezes é bom ter diferentes CV’s para diferentes vagas, um personal statement bem direcionado faz toda a diferença); Ou então o site vai direcioná-lo para o site da agência ou companhia que quer contratar, e possivelmente terá que preencher um cadastro próprio.

Seja pelo site de buscas, da empresa ou agência eles sempre pedirã0 para que você escreva uma cover letter (carta de apresentação) que pode ser um grande diferencial na hora de escolher o seu CV entre tantas opções enviadas.

Não basta você ter rasgado todo seu inglês para fazer o seu CV, você ainda precisa escrever uma cover letter atraente para se destacar! Esse é o momento para dizer a razão de VOCÊ ser a pessoa certa para aquela vaga, coloque sua experiência de trabalho ou formação como ponto alto, destaque as suas qualidades que para aquela vaga serão perfeitas, e tudo isso em pouquíssimas palavras.

Terminou sua carta, agora é só aplicar, e esperar pela sonhada ligação te convidando para uma entrevista.

Ufa…  Chegamos ao fim! Espero ter te ajudado um pouquinho, e desejo a todos que chegaram até ao final deste post super comprido, uma boa sorte com suas aplicações.

Siga nosso site, sempre temos dicas e informações interessantes, no meu próximo post vou dar uma super dica de empregos na área de hospitalidade que está sempre precisando de trabalhadores. Até lá!

  por  

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
  Subscribe  
Notify of

@alemdobigben no instagram