Dicas para seu primeiro aluguel em Londres: o que fazer enquanto você ainda está no Brasil

pesquisa de imóveis

Hoje vou falar sobre como funciona aluguel em Londres e contar como foi a minha experiência. Serão dois posts, um hoje e um na semana que vem. Neste primeiro explicarei como você pode começar a sua busca ainda no Brasil. E, depois, como funciona o processo de fechar negócio em Londres.

Eu, como não sou nada ansiosa, comecei a pesquisar preços e bairros assim que meu marido fez a primeira entrevista de emprego. Acho que a melhor coisa é isso mesmo. Pesquise muito! Veja quais bairros existem, Qual é o custo de morar em cada um, a que distância eles ficam do centro ou do seu trabalho. E não esqueça de levar em conta suas preferências de moradia. Se você gosta de lugares mais tranquilos ou agitados, que tenha diversos tipos de comércio perto, que esteja perto de uma estação de transporte público, etc.

Não esqueça também de definir um orçamento. Além do valor do aluguel, você terá que pagar água, luz, aquecimento e Council Tax. Council Tax é mais ou menos como o IPTU daqui, ele varia por região e pelo tipo de propriedade. Dentre as contas da casa é a mais cara. Antes de decidir um bairro para morar, sempre dê uma olhada em quanto irá custar esse imposto. Quanto às outras contas, aqui funciona bem diferente do Brasil, existem diversas empresas que fornecem esses serviços e em todas elas diversas modalidades de pagamento. Infelizmente não dá para eu explicar tudo nesse post. Não se desespere com isso agora, muitas vezes quando você aluga um imóvel e ele já vem com tudo pronto. E, pelo menos no meu caso, a própria imobiliária transferiu todas as faturas para o nosso nome e deixou tudo acertado.

As primeiras coisas que eu e meu marido definimos foi que queríamos um apartamento de um quarto, que tivesse acesso a pé a uma estação de metrô ou trem, que não levasse mais de uma hora para chegar ao trabalho e quanto poderíamos gastar por mês, considerando além das contas básicas da casa, planos de celular e internet.

Escolher um bairro ou região para morar por aqui não é nada fácil. A cidade é enorme e tem muitas opções. Inclusive as pequenas cidades da Grande Londres que, devido à qualidade do transporte público, são facilmente acessíveis. Não esqueça de verificar também quão seguro é o local. Apesar de aqui ser muito mais seguro que o Brasil, crimes ainda acontecem e sempre existem bairros onde os índices são maiores. O site da polícia daqui (em inglês) tem um mapa que mostra o número de crimes em cada área.

Outro fator importante para essa decisão é o custo do transporte público. Não irei explicar detalhadamente aqui o funcionamento. Basicamente, Londres é dividida em 9 zonas. O ponto mais central é a zona 1. Quanto mais longe do centro, maior o número da zona e mais cara a passagem. Escolher onde morar então muitas vezes é como equilibrar uma balança. Quanto mais afastado, mais barato é o aluguel porém mais caro é o transporte. Que, já vou avisar, também não é nada barato. Para atingir esse equilíbrio vai depender muito do seu gosto e estilo de vida.

No meu caso, decidimos vir para mais próximo do centro, moramos na Zona 2. Quando começamos nossa pesquisa nossa ideia era morar na Zona 5. Porém, ao fazermos as contas percebemos que a diferença no preço do tipo de apartamento que queríamos era facilmente compensada pelo aumento no custo do tranpsorte. Além de nos custar quase a mesma coisa, nós sempre preferimos lugares mais centrais, e também para onde fosse fácil retornar a qualquer horário.

Nossa principal ferramenta para encontrar o nosso cantinho foi um aplicativo chamado Movebubble (em inglês), disponível tanto para iOS quanto Android. É um app com anúncios de aluguel onde você pode fazer uma lista de propriedades que te interessaram, como um “favoritos”, e pode também agendar visitas aos imóveis através dele. Ele facilita muito esse trabalho, pois você não perde tempo indo à inúmeras imobiliárias ou passando horas ao telefone. Também te dá informações importantes como o valor total que você deve pagar antes da mudança e, se o valor mensal da casa/apartamento está acima, abaixo ou na média para a região na qual se localiza. O meu apartamento em si eu não encontrei pelo aplicativo, mas encontrei um apartamento da mesma imobiliária e quando fui visitá-lo a agente aproveitou para nos mostrar outras opções que tinha e acabamos nos apaixonando.

Depois de pesquisar bastante e definir o quanto você pode gastar, comece a preparar o bolso! O valor a ser desembolsado antes de sequer pegar as chaves é alto. Alugar aqui não é barato e você sempre terá que pagar um depósito, o primeiro mês antecipado e as taxas da imobiliária. O depósito costuma ser o valor de 6 aluguéis. Dependendo do valor mensal da propriedade, essa soma pode facilmente ultrapassar  casa das 3000£.

Existe uma lei tramitando para que as taxas da imobiliária sejam proibidas. Atualmente cobram para imprimir o contrato e verificar suas referências. Há também casos em que o locador não considera sua renda como garantia suficiente de que você irá pagar o aluguel. Nesse caso o valor do depósito pode chegar a 6 meses de aluguel antecipado. Mas fique calmo! Apesar de ser um valor muito alto, você não está realmente gastando esse dinheiro todo. Ele é devolvido integralmente ao final do contrato, caso você não tenha causado nenhum dano ao imóvel.

A próxima etapa será visitar os apartamentos e fechar o contrato. Irei detalhar no meu próximo post.

Espero ter ajudado bastante, que todas essas informações facilitem e não assustem muito. Na 2a parte você vai ver o quanto levei para achar meu apartamento. É mais fácil do que parece!

Qualquer dúvida, sugestão ou crítica só deixar um comentário. Até semana que vem!

  por  

4
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
Joana dos SantosMariana AutranEuclydes Antonio Dos Santos Recent comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Euclydes Antonio Dos Santos
Visitante

Oi. Tô de olho. Não pretendo me mudar para Londres, mas curto um bom blog. Desejo muito sucesso a todas. Joana, virou gaúcha?

Mariana Autran
Visitante

Adorei o texto, Joana! Como escolheu esse aplicativo? Chegou a experimentar outros?